Órgão vinculado à

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Lançamento da Máquina de Biopeixe
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Seg, 12 de Novembro de 2012 14:28

Os resíduos produzidos pela atividade da pesca serão usados como matéria-prima para produção de biodiesel, trazendo sustentabilidade para a atividade de piscicultura.

Na próxima segunda-feira (19) acontece o lançamento oficial da Máquina de Biopeixe na Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará – NUTEC, instituição vinculada à Secretaria da Ciência Tecnologia e Educação Superior do Estado. O equipamento tem como principal objetivo proporcionar uma destinação adequada aos resíduos gerados pela atividade da piscicultura no beneficiamento da “Tilápia do Nilo”, um pescado cultivado em tanques, presente nos principais açudes do Estado do Ceará. O Laboratório de Referência em Biocombustíveis do NUTEC, em parceria com o Centro de Referência em Automação e Robótica – CENTAURO e a empresa EkIPAR -Engenharia de Processos Químicos desenvolveram o equipamento com o patrocínio do Banco do Nordeste do Brasil – BNB  e Governo do Estado.

A máquina vai permitir ao produtor de pescado o destino ambientalmente adequado dos resíduos produzidos pela atividade da pesca. O equipamento possibilitará aos produtores de tilápia aumentar a lucratividade do setor, através da geração de renda resultado do aproveitamento das vísceras do pescado que será transformado em óleo de peixe destinado à produção de biocombustível.

De acordo com o Professor Doutor Tarcísio Costa Filho, coordenador do projeto, o BNB mostrou interesse em financiar a aquisição do equipamento para as comunidades pesqueiras, através da Secretaria da Pesca e Aquicultura do Ceará. A Petrobras Biocombustível manifestou o interesse de comprar a produção do óleo para processamento na Usina de Biodiesel de Quixadá. A iniciativa está alinhada às diretrizes do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel. O aproveitamento desta matéria-prima residual do pescado contribui para geração de renda para os piscicultores artesanais organizados.

A máquina está em processo de transferência de tecnologia para a fabricação em escala. A concretização dessa etapa será inciada ainda este mês, no Laboratório de Pesquisa do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca -DNOCS, em Pentecoste, Ceará. A operação da máquina em campo será de 10 horas diárias de produção de óleo para a avaliação do desempenho. O investimento inicial foi de R$ 226.000,00, sendo R$ 113.000,00 do Governo do Estado do Ceará e uma contra partida do mesmo valor do Banco do Nordeste do Brasil - BNB.

Dia: 19 de novembro
Local: NUTEC, Rua Professor Rômulo Proença, s/n campus do Pici, Fortaleza- CE
Hora: 14h

SAIBA MAIS

Atualmente o Ceará produz aproximadamente 166.667 toneladas de pescado/ ano. Estima-se que uma faixa de 50 à 70% da massa total das vísceras pode ser convertida em óleo de peixe. Nas condições atuais é possível uma produção mensal de óleo de peixe de 1 milhão de litros/ ano, podendo atingir 10 milhões de litros/ ano se considerarmos o potencial de mercado dessa atividade em nosso Estado. O óleo produzido, uma vez sendo fornecido às Indústrias Produtoras de Biocombustíveis será adicionado ao Óleo Diesel, e atende às normas vigentes em nosso país que determina a adição de 5% de Biodiesel em sua composição para a comercialização nos postos de combustíveis.

Arinne Oliveira
Assessoria de Comunicação e Marketing - ASSCOM
Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará - NUTEC
www.nutec.ce.gov.br
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
(85) 3101.6925

 

Calendário

Agosto 2014
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6