LME | Laboratório de Medidas Elétricas


 

O Laboratório de Medidas Elétricas é acreditado, ou seja, tem sua competência técnica e qualidade dos serviços reconhecidos através de avaliações periódicas realizadas pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro (Cgcre). Portanto, é garantido o cumprimento dos requisitos constantes na ABNT NBR ISO/IEC 17.025:2005 incluindo a rastreabilidade das medições, a eficácia do método de calibração e a participação periódica em comparações interlaboratoriais.

 
 

Calibração:

 

Operação que estabelece, sob condições especificadas, uma relação entre os valores e as incertezas de medição fornecidos por padrões e as indicações correspondentes com as incertezas associadas. (Adaptado – VIM, 012)

 
 

Ajuste:

 

Conjunto de operações efetuadas em um sistema de medição, de modo que ele forneça indicações prescritas correspondentes a determinados valores de uma grandeza a ser medida. (VIM, 2012)

 
 

Aferição:

 

Termo em desuso, substituído pelo termo calibração.

 
 

Serviços:

 

Calibração de instrumentos elétricos, medidores e fontes, nas grandezas:

• Tensão alternada (60Hz) e contínua;

• Corrente alternada (60Hz) e contínua;

• Resistência.

 
 

O LME tem competência para calibrar os seguintes instrumentos (analógicos ou digitais):

 

• Voltímetro;

• Amperímetro;

• Ohmímetro;

• Multímetro;

•  Alicate Amperímetro;

• Terrômetro;

• Megômetro;

• Fonte de Tensão Alternada e Contínua;

• Fonte de Corrente Alternada e Contínua;

• Década Resistiva;

• Calibradores de Grandezas Elétricas.

Escopo de Acreditação Integrante da Rede Brasileira de Calibração – RBC, o LME está apto a emitir certificados de calibração com o selo de acreditação para as faixas e incertezas:

 
 

Calibração de Medidores

 

• Tensão AC/60Hz: 10mV a 1000V ±(10V a 0,16V);

• Corrente AC/60Hz: 30A a 1000A ±(0,075A a 12A);

• Tensão DC: 10mV a 1000V ±(1,1V a 7,9mV);

• Corrente DC: 10A a 19,9A ±(3,0nA a 12mA);

• Resistência: 1? a 1G? ±(0,12m? a 2,8M?).

 
 

Por que calibrar equipamentos?

 

• Para conhecer o erro e a incerteza do valor que o equipamento está indicando;

• Analisar a conformidade do equipamento para o uso pretendido;

• Identificar necessidade de manutenção corretiva;

• Ter confiabilidade na medição;

• Garantir a qualidade do produto ou processo.

 
 

Quais equipamentos devem ser calibrados?

 

De acordo com a ABNT NBR ISO 9001, qualquer equipamento responsável por assegurar resultados válidos no resultado do seu produto, não importando em qual etapa do processo ele seja usado.